26 de maio de 2020

Inspiração até às últimas consequências

“Ora, algumas vezes cheguei a acreditar em até seis coisas impossíveis antes do café da manhã”, diz a Rainha Branca para a surpresa Alice, que argumenta que “não se pode acreditar em coisas impossíveis”. Evidentemente, […]
26 de maio de 2020

Alice no país da pandemia

Uma das lições mais interessantes da jornada de Alice ao outro lado do espelho (Alice através do espelho) acontece em seu encontro com a Rainha Vermelha. É nesse momento que Alice aprende que, naquele mundo, […]
26 de maio de 2020

Errados, equivocados e enredados

“Uma sociedade que precisa proteger a natureza de si mesma, só pode estar errada.” Essa é uma frase famosa atribuída a José Lutzenberger, um dos primeiros ambientalistas do país, que morreu no começo deste milênio. […]
26 de maio de 2020

O presente como uma máquina de fazer futuros

“O mundo está entrando em ‘uma nova fase’, em que grandes surtos de doenças mortais como ebola são o ‘novo normal”. Essa foi a advertência da Organização Mundial de Saúde (OMS), durante o último surto […]
26 de maio de 2020

Com quantas conexões se faz um mundo pós-pandêmico?

Qual é a relação entre a iluminação pública de Londres e os povos originários da Terra do Fogo? E a relação entre caçadores de coelhos australianos e a águia imperial espanhola? O carimbo tradicional japonês, […]
7 de maio de 2020

De volta para algum futuro

Ele bate, mas volta e diz que ama. Despreza, humilha, quer sempre tudo, só para ele, mas não é capaz de resistir à beleza dela. Ele não hesita em machucar, mas espera sempre, em troca, […]
13 de abril de 2020

Dos confins ao confinamento: pandemia é consequência das nossas relações com a natureza

Interessante que algo que veio dos confins da Terra, da China, de um lugar ainda remoto na nossa imaginação, tenha acabado por significar para todos confinamento voluntário ou compulsório. Dos confins da Terra ao confinamento […]
6 de abril de 2020

Nós, os outros animais, a devastação do planeta e a pandemia nossa de cada dia

Confinar, devorar, deslocar, arrancar partes, deixar sangrar até a morte, matar em fábricas de morte ou matar por mero prazer. Muito das relações entre os outros animais e nós está contido nessas atividades. Confinamos bois, […]
10 de fevereiro de 2020

Em vez de maldade, maldade e meia

Não bastou mandar para o Congresso Nacional um projeto de lei para regulamentar a mineração, a geração de energia elétrica e a exploração de petróleo e gás dentro das Terras Indígenas, o presidente da república […]

Sobre quem aqui escreve


E u, Nurit Bensusan, sou uma ex-humana.

Diante dos descalabros da nossa espécie, desisti de ser humana e agora quero me tornar uma libélula, mas continuar bióloga e seguir escrevendo, criando jogos e inventando moda.

Sobre esse Planeta Bárbaro


E sse planeta é bárbaro, ninguém duvida... Bárbaro porque é lindo, bárbaro porque é injusto. Bárbaro porque abriga as mais diversas e incríveis formas de vida, bárbaro porque uma espécie se julga dona do planeta e acha que tem o direito de destruir todas as outras. Bárbaro porque aqui vive uma espécie capaz das coisas mais sensacionais, como a música e a tecnologia; bárbaro porque essa mesma espécie é capaz das maiores crueldades e de uma infinita violência.

Biotrix é um coletivo de ideias que pairam em torno da biodiversidade.

Seu site desvela o que está por trás dessa agenda: as relações que existem entre a biodiversidade e nossa vida cotidiana, o que não rola mas devia rolar e o mosaico de ideias que conecta a biodiversidade às nossas escolhas.

Jogos